Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sábado 24 de Outubro de 2020

0 2
:
5 3
:
2 9

Últimas Noticias

Notícias / Agronegócio

14 Out 2020 - 12:10

Chuva ainda é insuficiente para plantio de soja 2020/21 deslanchar no Brasil

Nayara Figueiredo

Reprodução:

 (Crédito: Reprodução:)
SÃO PAULO (Reuters) - As chuvas que estavam previstas para retornar ao Brasil a partir do dia 10 de outubro chegaram de maneira irregular e ainda são consideradas insuficientes para que o plantio de soja 2020/21 avance de maneira significativa no país.

Também surge um ponto de atenção para possível perda de produtividade do milho verão no Sul, por causa da seca. E o atraso na semeadura da soja --já visto como o maior dos últimos dez anos-- tem cada vez mais chance de afetar o potencial dos cultivos de milho e algodão na segunda safra.

O gerente de consultoria Agro do Itaú BBA, Guilherme Bellotti, alertou que, diante de um cenário de aperto para soja e milho nos Estados Unidos apresentado no último relatório de oferta e demanda do Departamento de Agricultura do país (USDA), abre-se um espaço para "aumentar a sensibilidade das cotações em Chicago a qualquer frustração de safra na América do Sul".

"A chuva ainda não chegou (como deveria) e o plantio avançou muito pouco", disse à Reuters o presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil), Bartolomeu Braz Pereira.

Para ele, os agricultores estão mais apreensivos sobre os impactos da seca nas regiões que fazem "safrinha", tanto de milho quanto de algodão. Até a semana passada, havia preocupação somente para as lavouras onde a pluma é cultivada após a colheita da oleaginosa.

Com isso, não há um quadro de total ausência de chuvas, mas dificilmente virão grandes precipitações ao menos até a próxima frente fria, prevista para quinta-feira.

O meteorologista da Somar Celso Oliveira disse que, diante da tendência de novas pancadas de chuva, é possível que haja alguma aceleração na semeadura da soja, mas não de forma regular.

"É possível que áreas produtoras do Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia), nordeste de Mato Grosso e norte de Goiás permaneçam paradas, à espera de chuva mais intensa no fim do mês", estimou.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet