Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 20 de Outubro de 2020

0 6
:
4 1
:
5 6

Últimas Noticias

Notícias / Política

15 Out 2020 - 12:00

Base de Mauro e apoiando Emanuel, Paulo Araújo minimiza divergências: “política é administrar conflitos”

Isabela Mercuri / Do local - Max Aguiar

Rogério Florentino / Olhar Direto

 (Crédito: Rogério Florentino / Olhar Direto)
O deputado Paulo Araújo (PP) está no meio do que ele mesmo chamou de ‘salada mista’. Base do governador Mauro Mendes (DEM) na Assembleia Legislativa (AL-MT), ele, seguindo seu partido, apoia o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), na campanha à reeleição, e é ainda coordenador da campanha do senador interino Carlos Fávaro (PSD), também à reeleição, na região metropolitana.“Essa salada mista que essa eleição trouxe é justamente saber lidar com esses problemas políticos. Em Cuiabá nós temos, Várzea Grande tem, e todos os municípios, se você for ver as forças políticas, nós temos problemas. Às vezes tem uma cidade que chega a ter três candidatos a prefeito que apoiam o Fávaro”, desabafou, durante o lançamento da campanha do senador interino.

Fávaro tem o apoio oficial de Mauro Mendes (DEM) que, inclusive, foi contra a decisão de seu partido, já que o Democratas está com o candidato Nilson Leitão (PSDB), e inclusive indicou o primeiro suplente da chapa, Julio Campos (DEM).

Ao mesmo tempo, o prefeito Emanuel Pinheiro, adversário político de Mendes, disse ao Olhar Direto que Fávaro “É Emanuel da cabeça aos pés”, mas que estaria numa situação complicada. O partido de Fávaro, assim como o do governador, declarou apoio a outro candidato à prefeitura da capital, o ex-prefeito Roberto França (PATRI).

“Os municípios têm autonomia pra poder fazer  a melhor opção. Agora, a grande dificuldade é justamente conciliar toda essa relação de força, relação política que o senador Carlos Fávaro conseguiu construir. Temos hoje boa parte da base do Emanuel que apoia o Fávaro? Tem. Tem boa parte da base do Roberto França que apoia o Fávaro? Tem. De todos os candidatos a prefeito de Cuiabá apoiam o senador Carlos Fávaro, o que eu entendo como natural”, completou Paulo Araújo.

Entre a briga do governador e do prefeito, Paulo Araújo afirma que a situação não é confortável, mas faz parte do jogo político. “Não vou te falar que é uma situação tranquila, boa, não é. Mas a gente administra”, disse. “A gente tenta conciliar o máximo. Aqui, por exemplo, o foco é a eleição majoritária. Na eleição majoritária, a gente consegue unir várias correntes”.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet