Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 20 de Outubro de 2020

0 5
:
2 7
:
2 6

Últimas Noticias

Notícias / Política

15 Out 2020 - 14:10

Deputada diz que EP faz "tudo pelo poder" e o chama de ingrato por rebater Riva

Janaína aponta que prefeito "cuspiu no prato que comeu"

WELINGTON SABINO

Reprodução:

 (Crédito: Reprodução:)
A deputada estadual Janaina Riva (MDB) afirma não ser a única dentro do partido insatisfeita com o prefeito Emanuel Pinheiro, pois segundo ela, as ações do correligionário mostram que Pinheiro "só quer o poder pelo poder" deixando de lado os interesses partidários. Ela garante que dentro da sigla e na Assembleia Legislativa existem outros emedebistas que não apoiam a reeleição de Emanuel por causa de sua “infidelidade  partidária” e pelos escândalos de corrupção protagonizados por ele e por integrantes de seu staff.

O lançamento da candidatura do filho Emanuelzinho Pinherio, pelo PTB em 2018, quando foi eleito deputado federal e agora escolhido para disputar a Prefeitura de Várzea Grande ignorando nomes do MDB, interessados da disputa é citado pela parlamentar com um dos vários fatores que a fizeram apoiar a candidatura do ex-prefeito Roberto França (Patriotas) na disputa pela Prefeitura da Capital.

“Dentro do MDB, eu não estou sozinha nessa e tenho vários outros apoiadores. Por várias questões, pela circunstância de Várzea Grande, onde nós temos lá um candidato do partido que entrou no partido há 16 anos. Agora, foi lançado pelo prefeito Emanuel Pinheiro um outro candidato, o seu filho disputando lá contra o partido, pela posição nas eleições há dois anos atrás, que também da mesma forma lançou o Emanuelzinho em outro partido”, explica Janaina. Segundo ela, Emanuel Pinheiro também nunca a aceitou como vice-presidente do MDB, pois ele tinha interesse no cargo. A deputada não hesita em afirmar que torce pela derrota de Emanuel Pinheiro nas eleições municipais marcadas para novembro deste ano.

“Tomamos a decisão de apoiar o Roberto França por acreditar que ele é que tem condições de chegar no 2º turno pra uma disputa com Emanuel Pinheiro e também é claro, por ter mais sintonia com o grupo do qual o partido hoje já faz parte com o Governo do Estado. Não só com o governador Mauro Mendes, mas dentro da Assembleia tem um entrosamento de partidos muito grande. Não acho que essa seja uma decisão só minha, mas da Assembleia Legislativa também. Poucos deputados declaram apoio ao atual prefeito. Acho que é um entendimento de grupo mesmo de que do jeito que está politicamente pra gente não é viável permanecer”, afirma a deputada emedebista.

Conforme Janaina Riva, o prefeito Emanuel Pinheiro pode ter acertado em alguns aspectos de sua gestão iniciada em janeiro de 2017, mas também deixou a desejar em vários. “Pela primeira vez quando dei uma declaração falando que a gestão estava indo bem, que o Emanuel tinha condições de ser reeleito eu apanhei tanto nas redes sociais, mas tanto tanto que precisei analisar o cenário com mais cautela. Eu que sou muito ligada ao que pensa a população, senti ali que não era o que a população queria e principalmente os mais jovens ficaram muito revoltados porque consideram que o vídeo ainda não foi bem explicado, que não está explicado adequadamente, que os afastamentos pesam também e que a gente tem que virar a página”, dispara a ex-aliada de Pinheiro.

VELHAS PRÁTICAS

Janaina Riva relata que Emanuel Pinheiro é um político adepto de “velhas práticas” que não cabem mais no cenário atual. Para justificar sua mudança de postura e de lado, admite que estava errada quando apoiava Emanuel e defendia sua reeleição.

“Eu também como todo ser humano, erro muitas vezes e tive que rever esse pensamento e notei ali que eu estava indo pro caminho errado. Essa história de tem corrupção em todo lugar, a cada momento tem um escândalo, isso vai desgastando, desgastando e o partido só apanha. Na hora que é pra ser partidário nunca foi partidário. Acho que isso dentro do MDB pesa pro partido como um todo. Os companheiros esperavam dele uma postura que ele não tem”, colocou a deputada.

Janaina Riva também defendeu o pai, o ex-deputado José Riva, hoje delator premiado que cumpre prisão domicilia por ter chefiado esquemas de corrupção na Assembleia Legislativa por mais de 20 anos resultando em desvios de R$ 175,5 milhões que era usado para pagar propina e mensalinho a deputados. Conforme Riva afirmou em sua delação, Emanuel Pinheiro quando era deputado também recebia mensalinho e participava dos esquemas no Legislativo Estadual.

Por sua vez, Pinheiro reagiu e chamou José Riva de “bandido” desqualificando sua delação homologada pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso em feveiro deste ano. Nesse contexto, Janaina também dispara contra o prefeito. “Eu não esperava essa atitude dele. Acho que ele está cuspindo no prato que comeu e não vejo que eu poderia ter uma postura diferente de passar por cima disso, porque não concordo com o faz tudo pelo poder e tem gente que está disposta a tudo pelo poder. Senti isso na postura do Emanuel e da família dele também, que eu inclusive defendi, quando o Wilson Santos foi lá e gravou o irmão dele, gravou a cunhada dele. Eu fui a primeira a defender e falar olha: tem que preservar a família, isso aqui não é um embate familiar, isso aqui é uma eleição pela prefeitura, vamos falar de proposta”.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet