Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 20 de Outubro de 2020

0 6
:
4 3
:
3 0

Últimas Noticias

Notícias / Política

15 Out 2020 - 16:10

Márcia Pinheiro ‘ignora’ críticas de Janaína e não descarta pretensão política: “não digo que desta água não bebo”

Isabela Mercuri

Rogério Florentino / Olhar Direto

 (Crédito: Rogério Florentino / Olhar Direto)
Primeira-dama em Cuiabá e mãe de candidato em Várzea Grande, a primeira-dama Márcia Pinheiro (PTB) foi uma verdadeira celebridade na noite da última quarta-feira (14), quando participou do lançamento da campanha de Emanuelzinho (PTB) em VG. Entre pedidos de selfies e cumprimentos, falou à imprensa que está trabalhando tanto que nem teve tempo de ver os ‘ataques’ de Janaína Riva (MDB) a seu marido, Emanuel Pinheiro (MDB), e não descartou suas próprias pretensões políticas. “Não digo que desta água não bebo”, afirmou.“Eu a respeito, gosto muito dela, mas eu tenho trabalhado tanto, que para ser sincera... vi alguns comentários, mas nem sei o que diz respeito. Acho que o Emanuel é um homem que cumpre a palavra que tem. Mas a verdade é que estou tão envolvida nas campanhas em Cuiabá e Várzea Grande que passei batido nisso”, afirmou Márcia, sobre Janaína Riva.

Janaína, que era aliada da família Pinheiro na eleição de 2016, declarou que apoiará o ex-prefeito Roberto França (PATRI) ao pleito municipal deste ano, e disparou, ainda, que Emanuel “cuspiu no prato que comeu” ao criticar José Riva. “Ele estava na minha casa quase todos os dias, com meus irmãos, era uma pessoa de dentro de nossa casa todos nós realmente fomos pegos de surpresa. É claro que me magoou. Eu não esperava essa atitude dele, acho que ele está cuspindo no prato que comeu e não vejo que eu não poderia ter uma postura diferente, porque eu não concordo com o faz tudo pelo poder. E tem gente que está disposto a isso", disse a deputada na última terça-feira (13).

Janaina ainda afirmou que Emanuel estaria ‘de saída’ do MDB, para se filiar ao PTB, partido de Márcia e de Emanuelzinho. A primeira-dama diz que não sabe. “O Emanuel está focado na gestão em Cuiabá e trabalhando na sua reeleição, como é o slogan dele, que ‘quem faz merece continuar’. Não sei disso, o Emanuel não fala disso e na parte política eu realmente não participo das decisões. Mas esta questão de sair ou ficar no MDB não falamos. Estamos trabalhando muito nas campanhas e no objetivo principal que é trabalhar por Cuiabá. Acredito que o Emanuel nem esteja pensando nisso e nem sei porque ele sairia do MDB”.

Pretensões

Dividida em duas campanhas, dando suporte ao marido em Cuiabá e ao filho em Várzea Grande, Márcia parece ter pegado gosto pela política. Sua fala na noite de quarta-feira (14) foi uma das mais longas, e nela a petebista fez até promessas em nome do filho, dizendo que iria cobrá-lo por isso.

Apesar disso, ela não garante que entrará – ainda mais – na vida pública. “Não digo que desta água não bebo, já fui convidado por vários partidos, isso me lisongeia, fico muito feliz, é o resultado do nosso trabalho, mas não, hoje minha prioridade é ajudar a administrar Cuiabá, cumprir nossos compromissos de campanha, cuidar da nossa gente e cuidar da campanha do Emanuelzinho. Não digo que desta água não bebo, o futuro ao Deus pertence, mas acho que a política é para eles”, afirmou.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet