Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sexta-feira 27 de Novembro de 2020

1 7
:
1 7
:
2 0

Últimas Noticias

Notícias / Polícia

23 Out 2020 - 14:40

Família de atiradora tenta incluir perícia própria em audiência; juíza apura má-fé

rd news

Reprodução:

 (Crédito: Reprodução:)
Ajuíza Cristiane Padim da Silva, da 2ª Vara da Infância e da Juventude, suspendeu a audiência de Continuação sobre a sobre a morte da jovem Isabele Guimarães Ramos, de 14 anos, na terça (20) para apurar possível litigância de má-fé da defesa da adolescente atiradora. Os advogados teriam tentado incluir, durante a audiência, documentos de uma perícia particular contratada pela família da menina B. de O. C., de 15 anos, que é ré por infração análoga a homicídio doloso.A oitiva durou 11 horas. A defesa inclusive queria que esses dois peritos, um homem e uma mulher, ambos de fora de Mato Grosso, fossem arrolados no momento da audiência como testemunhas. O  apurou que diante da situação, a juíza foi comunicada da inclusão da nova documentação por um assessor.O Ministério Público Estadual (MPE), por sua vez, teria classificado os peritos como “testemunhas contratadas”, não aceitando que prestassem depoimentos naquele momento. E para não gerar prejuízo ao processo, a magistrada decidiu suspender, para apurar a situação e uma nova audiência será marcada.

Em 15 de setembro, a juíza acatou a denúncia oferecida pelo MPE e determinou a internação da menor por 45 dias - prazo máximo em caso de menores. A adolescente B. foi encaminhada ao Centro de Ressocialização Menina Moça e passou a noite por lá. Porém, 12 horas depois, o desembargador Rui Ramos Ribeiro concedeu liberdade à ré. A magistrada tem até 45 dias para concluir o caso conforme determina o artigo 183 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet