Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quinta-feira 26 de Novembro de 2020

2 3
:
3 7
:
2 6

Últimas Noticias

Campanha Publicitária

Notícias / Geral

27 Out 2020 - 18:30

Estudo mostra que 82% dos internados têm falta vitamina D

Folha Max

Reprodução:

 (Crédito: Reprodução:)
Cientistas da Universidade de Cantábria e do hospital Marqués de Valdecilla, na Espanha, conseguiram demonstrar que 82,2% dos pacientes internados com Covid-19 no centro de saúde tinham deficiência de vitamina D.

Participaram da pesquisa 216 pessoas hospitalizadas e 197 que não tiveram a doença. O estudo foi publicado no Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism nesta terça-feira (27/10).

Segundo os pesquisadores, pessoas com deficiência de vitamina D (que, apesar do nome, é um hormônio), tiveram maior percentual de internação em UTI do que pacientes com níveis normais e ficaram mais tempo no hospital (12 contra 8 dias). Não foram encontradas diferenças significativas na taxa de mortalidade.

Porém, apesar dos resultados, os cientistas dizem não ser possível dizer que a deficiência de vitamina D é a causa de um desenvolvimento pior da Covid-19 e, por isso, não se sabe se o reforço do hormônio traria qualquer diferença no tratamento.

Outro ponto importante é que os baixos níveis de vitamina D são comuns em pessoas idosas e com doenças crônicas, que fazem parte do grupo de risco para Covid-19 e estão entre os pacientes com maior taxa de internação pela doença.

Os especialistas chamam atenção ainda para a amostra pequena de participantes: o número é considerado baixo, e o fato que estavam todos no mesmo hospital não permite que os dados sejam extrapolados para outros países e grupos étnicos.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet