Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quinta-feira 26 de Novembro de 2020

2 3
:
4 5
:
5 9

Últimas Noticias

Notícias / Agronegócio

9 Nov 2020 - 12:10

Soja tem início de semana estável em Chicago nesta 2ª e já se prepara para novo relatório do USDA

Redação com Notícias Agrícolas

Reprodução:

 (Crédito: Reprodução:)
O mercado da soja dá início à semana na Bolsa de Chicago operando com estabilidade. Por volta de 7h (horário de Brasília) desta segunda-feira (9), as cotações subiam entre 0,50 e 2 pontos nos principais vencimentos. O contrato novembro/20 tnha US$ 10,99 e o janeiro/21, US$ 11,02 por bushel.

Os futuros da oleaginosa continuam registrando seus melhores patamares em quatro anos na CBOT, o que sinaliza a força que os fundamentos têm sobre o andamento das cotações. De outro lado, essa estabilidade traduz ainda as expectativas do mercado à espera do novo boletim mensal de oferta e demanda do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), que chega nesta terça (10). 

O mercado parece ajustar suas posições depois da disparada da semana anterior, ainda monitorando o clima na América do Sul, a demanda nos EUA e também o financeiro, especialmente depois da vitória do democrata Joe Biden para a presidência norte-americana e da sinalização de Donald Trump de que continuará a contestar os resultados. 

Nesta manhã de segunda-feira, enquanto os grãos cediam na CBOT, bem como o açúcar na Bolsa de Nova York, os futuros do café e do algodão operava em campo positivo, bem como o petróleo, que tinha alta de 2,32% NY, levando o barril a US$ 37,98. O ouro registrava uma alta de quase 0,50%.
MERCADO NACIONAL

No Brasil, atenção a todos estes fatores, mas também ao câmbio. A moeda americana se mostrou bastante volátil na última semana, durante a apuração das eleições nos EUA, e agora o mercado espera com cautela para este novo início. O recuo do dólar foi compensado, para os preços da soja brasileira, pelas boas altas em Chicago. 

"O mercado da soja continuará mostrando compradores atuando fortes nos EUA e poderemos ter a China voltando e puxando um pouco os indicativos na Bolsa", acredita Vlamir Brandalizze, consultor de mercado da Brandalizze Consulting. "Enquanto isso, pouco deve mudar no interno, porque há pouca soja e não há interesse em venda da safra nova, já que o clima com chuvas abaixo do ideal deve manter os produtores retraídos e adiando novos fechamentos. Deverá ser uma semana de calmaria, podendo ter leve queda nos indicativos", completa.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet