Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 1 de Dezembro de 2020

0 0
:
1 1
:
4 9

Últimas Noticias

Notícias / Economia

16 Nov 2020 - 10:00

Empresa do agro em MT entra em recuperação; dívida é de R$ 18,1 milhões

Andrade Produtos Agropecuários iniciou suas atividades em 1995 no município de Primavera do Leste

Folha Max

Reprodução:

 (Crédito: Reprodução:)
O juízo da 4ª Vara Cível de Rondonópolis (216 KM de Cuiabá) deferiu o processamento da recuperação judicial da Andrade Produtos Agropecuários – organização que atua no agronegócio em Mato Grosso, e que se localiza em Primavera do Leste (236 KM da Capital). A organização revela uma dívida de R$ 18,1 milhões.

A publicação que autorizou o processamento da recuperação é desta sexta-feira (13). De acordo com informações do processo, a Andrade Produtos Agropecuários iniciou suas atividades no ano de 1995 com o nome Tatu Produtos Agropecuários.“Ato contínuo, no ano de 1999 a referida empresa passou significativa mudança em seu quadro societário e seu nome empresarial, passando a se chamar Andrade Produtos Agropecuários”, diz trecho dos autos.

“Em 2003 adquiriram uma área agrícola de 300 ha no Município de Tesouro/MT, na qual passaram a cultivar soja, milho, feijão, entre outros grãos, chegando a plantar, incluindo as áreas arrendadas, plantávamos um total de 3.700 ha”, conta a organização no processo.

Anos mais tarde, porém, a empresa do ramo do agronegócio teve prejuízos nas safras de 2014 a 2016, prejudicadas pelas condições climáticas da época, fazendo com que a empresa se endividasse. “Para custear as atividades de produtores rurais, os requerentes captaram recursos para aquisição de insumos e implementos, apostando tudo em suas atividades como agricultores. Porém, sofreram com a ocorrência do fenômeno El Nino que trouxe grandes prejuízos as safras de soja e milho 2015/2016 [...] Não bastassem os fatores climáticos, que açoitaram os produtores rurais, estes ainda tiveram que suportar a desvalorização do real, o que fez com que todos os produtores, amargarem incalculáveis prejuízos”, conta a agropecuária.

Com a autorização do processamento, e segundo disciplina a lei que regula a matéria (nº 11.101/2005), a Andrade Produtos Agropecuários possui 60 dias para apresentar seu plano de recuperação e a estimativa de tempo necessária para pagar seus credores - além de se beneficiar com a suspensão por 180 dias de ações de execução (período de blindagem).

O plano de recuperação judicial deverá ser apreciado em até 150 dias pelos credores numa assembleia geral, que poderão aceitá-lo, rejeitá-lo ou modificá-lo. Caso as partes não cheguem a um acordo, o juiz decreta a falência da empresa, restabelecendo aos cobradores das dívidas o direito de pleitear pelos seus débitos.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet