Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Segunda-feira 30 de Novembro de 2020

2 2
:
4 7
:
2 8

Últimas Noticias

Notícias / Polícia

16 Nov 2020 - 15:50

Candidato de MT é acusado de ser financiado por quadrilha de Fernandinho Beira-Mar

Wesley Santiago

Ricardo Borges / Folhapress

 (Crédito: Ricardo Borges / Folhapress)
O candidato a vereador por Barra do Garças (520 quilômetros de Cuiabá), Flávio Braga da Silva (MDB), conhecido como Hulk, é alvo de investigação da Polícia Federal, que apura o financiamento de campanhas pelo crime organizado. A reportagem exibida pelo Fantástico mostra detalhes das investigações, que revelam como os bandidos planejaram se infiltrar no Poder e assumir prefeituras e Câmaras municipais. O mato-grossense teria sido escolhido pela quadrilha do traficante Luiz Fernando da Costa, mais conhecido como Fernandinho Beira-Mar.Conforme a reportagem, esta é a primeira vez que Hulk concorreu em uma disputa eleitoral. Conforme as investigações - que começaram após denúncias de que bandidos estavam ameaçando eleitores, exigindo que votassem no homem -  ele teria sido a pessoa escolhida pela quadrilha do traficante Fernandinho Beira-Mar.Interceptação telefônica de Maria das Graças Vieira Fernandes, conhecida como Malévola, que seria uma das chefes da quadrilha em Barra do Garças, mostra que ele foi o escolhido em uma espécie de primária feita dentro do grupo criminoso: “Estamos tendo uma enquete no nosso vereador e quem ganhou foi o Hulk”.
 
‘Malévola’ foi presa em flagrante na quinta-feira (12), ocasião em que tentou destruir o próprio celular enquanto a Polícia Federal cumpria mandados de busca e apreensão contra ela. “Nós trabalhamos no crime. Nós só temos três caminhos: a Igreja, cadeia ou cemitério. Eu não quero ir para nenhum dos três”, disse a mulher em outra interceptação feita pelas autoridades.
Em outra interceptação, as autoridades ouviram dela que a eleição de Hulk poderia ajudá-los a enfrentar a polícia e o Poder Público. “Eu quero continuar ferrando a vida desse pessoal, mas pra gente continuar ferrando, é melhor ficar unido”.
 
A Polícia Federal chamou de "captura de estado" essa ação de se infiltrar em instituições oficiais para benefício próprio. Dentro do legislativo, os eleitos poderiam agir a mando da quadrilha, como uma espécie de representante do crime na Câmara Municipal.
 
Apesar do esforço da quadrilha, Hulk não se elegeu como vereador em Barra do Garças. Resultado divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no último domingo, mostram que ele recebeu apenas 14 votos. Mesmo assim, ainda ficou como um dos suplentes
 
As investigações estão em andamento, por isso Hulk foi autorizado a participar do pleito. Os advogados dos citados não responderam ao questionamento da reportagem.

A reportagem completa do Fantástico pode ser assistida AQUI.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet