Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Segunda-feira 30 de Novembro de 2020

2 2
:
3 6
:
0 6

Últimas Noticias

Campanha Publicitária

Notícias / Política

19 Nov 2020 - 08:30

Medeiros diz que eleição de Fávaro é melhor que Fernanda para Bolsonaro

Deputado federal disse que Coronel poderia trair presidente, assim como Joice Hasselman ou Major Olímpio

ALLAN MESQUITA

Reprodução:

 (Crédito: Reprodução:)
Candidato derrotado ao Senado, o deputado federal José Medeiros (Podemos) declarou que a o senador interino Carlos Fávaro (PSD) terá, de certa forma, um melhor desempenho em Brasília do que teria a coronel Rúbia Fernanda (Patriota), que contou com apoio do presidente Jair Bolsonaro, de quem o deputado e vice-líder na Câmara. 

Durante live realizada no fim da tarde desta segunda-feira (16), Medeiros enfatizou que Fávaro, apesar de ser do “centrão”, terá articulação para aprovar as pautas do presidente no Congresso Nacional. “Acabamos perdendo para o 'centrão', mas pelo menos o centrão entrega os votos. Esse sujeito [Fávaro] vai ficar batendo no presidente o tempo todo, mas estando lá, vai ter que ter que entregar o voto” pontuou.Essa foi a primeira manifestação do parlamentar após perder a disputa suplementar ao Senado, neste domingo (16). Com 138.922 votos, Medeiros ficou em quarto lugar entre os 11 candidatos que concorreram à vaga da ex-juíza aposentada Selma Arruda (Podemos), cassada por cometer crimes eleitorais.

Já Fernanda, que contou com apoio de Bolsonaro (sem partido) obteve 290 mil votos válidos, ficando em segundo lugar. Fávaro (PSD), que estava no cargo de forma interina, se reelegeu com 369.903 votos. 

Ao expor o "racha" nos candidatos que se declaram de "direita" em Mato Grosso, Medeiros ainda afirmou que não retirou seu nome da disputa porque a Coronel Fernanda não estava preparada para representar Bolsonaro e Mato Grosso em Brasília. Além disso, ele previu que ela trairia o presidente em Brasília, assim como fizeram outros políticos que se elegeram com a bandeira do bolsonarismo. 

“Eu tentei até o último momento fazer uma coalisão e não havia como eu retirar minha candidatura. A candidata que conseguiu se apresentar ao presidente não tinha a mínima condição de estar no Senado por nunca ter participado do processo político. Seria mais uma Joice ou um Major Olímpio”, concluiu. 

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet