Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quarta-feira 25 de Novembro de 2020

1 4
:
3 6
:
5 5

Últimas Noticias

Notícias / Agronegócio

19 Nov 2020 - 11:21

Milho ou soja? Disputa de área já começou

"Temos que achar outros 3-5 milhões de hectares de terra em algum lugar do mundo"

Redação - Repórter Agro com Agrolink

Foto: Repórter Agro: Tiago Seiffert

 (Crédito: Foto: Repórter Agro: Tiago Seiffert)
Haverá uma disputa pela área de plantio de milho e soja nos próximos anos, à medida que um aumento na demanda global e chinesa esgotam os níveis de estoque e impulsionam um confronto de áreas entre os dois grupos agrícolas para alimentar o boom da nova demanda. A projeção é do ex-CEO da Bunge, Soren Shroder, durante uma entrevista para a conferência Global Grains Geneva.
 
De acordo com a consultoria TF Agroeconômica, o executivo destaca que, após oito anos estáveis de superávits globais e volatilidade limitada, o mercado agrícola global “está de volta de uma maneira poderosa”. Além disso, a tendência clara é de preços firmes diante de estoques apertados, causados por uma mudança estrutural na demanda da China.
 
“Milho e soja deverão entrar, por vários anos, num um cabo de guerra muito dinâmico entre a área de soja e a área de milho. Será mais de uma temporada de crescimento para voltar a um excedente”, disse Schroder durante a entrevista online. “A combinação de tudo isso nos colocou nessa situação de oferta e demanda muito tensa em milho e soja e na maioria das oleaginosas”, acrescentou. 
 
Segundo ele, “o grande mistério dos estoques de milho chineses está finalmente sendo revelado. Todos estes estoques realmente existiram, ou não? O fato é que certamente não parece”. Schroder cita ainda que “a demanda chinesa de milho é estrutural, é real, não é apenas uma função do acordo comercial da Fase Um dos EUA, ela simplesmente coincide”. 
 
A recuperação acentuada da economia da China e seu setor pecuário, espera-se que a China importe até 35 milhões de toneladas de milho anualmente. “Isso significa que temos que explorar outros 3-5 milhões de hectares de terra em algum lugar do mundo, além dos 4-5 milhões de ha em curso que o mundo precisa fora da China para suprir a demanda crescente”, conclui Schroder.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet