Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quarta-feira 25 de Novembro de 2020

1 9
:
3 7
:
5 7

Últimas Noticias

Notícias / Política

19 Nov 2020 - 15:30

"Se tivesse vergonha na cara, não estaria tentando se reeleger"

Secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho respondeu à ironia feita pelo prefeito após postagem

midia news

Reprodução:

 (Crédito: Reprodução:)
"Se o prefeito do paletó tivesse vergonha na cara, ele iria para a casa, e não estaria tentando se reeleger". 

Foi assim que o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, rebateu o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), que ironizou uma postagem feita pelo governador Mauro Mendes  (DEM), em suas redes sociais, nesta quarta-feira (18).

No post, Mendes escreveu: "Um inexperiente pode ser ajudado por muitos experientes. Já um corrupto só é ajudado por outros corruptos", escreveu, se referindo aos candidatos Abílio Júnior (Podemos) e Emanuel, que disputam o segundo turno na Capital.O prefeito, então, ironizou: “Não visto a carapuça. Quando vi, entendi até que fosse uma briga ali entre ele [Mendes] e o chefe da Casa Civil por causa daquele servidor que foi flagrado recebendo propina e preso”.

Emanuel se referiu ao episódio em que o então secretário-adjunto de Administração Sistêmica, Wanderson de Jesus Nogueira, foi preso em flagrante, em 24 de setembro, por suspeita de corrupção passiva.

Na noite desta quarta-feira (18), Mauro Carvalho se posicionou sobre a polêmica. 

"Cada um que pague pelos seus erros e as imagens do paletó são contundentes. Quem vive em Cuiabá não merece uma vergonha dessa. E, depois de mais de três anos ele vem agora com essa descuplinha esfarrapada, que o dinheiro que ele enfiou no paletó era pagamento de pesquisa para o irmão... Chega a ser ridículo", disse.

"Constrangimento"

"Isso é totalmente ao contrário do que fizemos com Wanderson. Mesmo não tendo até hoje o relatório da CGE, e o Ministério Público não ouvindo o dono da empresa, nós tomamos as medidas urgentes que o caso exigiu, e na mesma hora exoneramos o servidor para que os fatos fossem apurados", explicou.

"Está clara a diferença do caso paletó. E depois de três anos o prefeito tem a coragem de constranger os cuiabanos com a sua candidatura. É uma vergonha para todos nós, que moramos em Cuiabá, ter que conviver com a imagem do dinheiro caindo do paletó do senhor prefeito", afirmou Carvalho.

"Quando viajo, e falo que sou de Cuiabá, imediatamente as pessoas lembram do caso do paletó, do prefeito enfiando maços de dinheiro no bolso. Isso é constrangedor e vergonhoso", disse. 

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet