Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sábado 22 de Janeiro de 2022

0 0
:
2 3
:
0 8

Últimas Noticias

Notícias / Política

6 Out 2014 - 09:35 | Atualizado em 6 Out 2014 - 09:43

"Faremos uma gestão que irá transformar Mato Grosso", diz Taques

Ele reiterou propostas de campanha e que irá melhorar setores como saúde e educação

Agência da Notícia com Mídia News

 Eleito governador de Mato Grosso com mais de 833 mil votos, Pedro Taques (PDT) afirmou que fará uma gestão “transformadora” no Estado, com foco na Saúde.

“Vamos trabalhar para que nós possamos mudar a saúde do nosso Estado. Fazer com que ela dê dignidade aquele cidadão mais pobre, aquele que mais precisa, que é mais humilhado. Este cidadão será bem tratado”.
"Vamos trabalhar para que nós possamos mudar a saúde do nosso Estado. Fazer com que ela dê dignidade aquele cidadão mais pobre, aquele que mais precisa"
“O gosto de ser eleito é de quem tem as melhores propostas, de quem conversou com o cidadão. É o gosto da alegria, da transformação, da política de forma séria, da política de forma honesta. Esse é o gosto, o orgulho cristão de que nós faremos um governo transformador no Estado de Mato Grosso, porque senão, não vai valer a pena”, completou.

Taques também lamentou as “baixarias” durante a campanha e afirmou que ainda hoje começa a conversar sobre composição de seu secretariado.

“Nós desejamos um Estado mais justo, não deixaremos nenhum mato-grossense para trás. Por isso o eleitor entendeu. Apesar das baixarias do outro lado, apesar dos ataques do outro lado, o eleitor entendeu que nós temos as melhores propostas para administrar o nosso Estado”, disse.

O candidato eleito também afirmou que recebeu um telefonema do governador Silval Barbosa (PMDB), que se comprometeu a auxiliá-lo na transição.
"Eu já recebi um telefonema do governador Silval Barbosa se colocando a disposição para que possamos iniciar a transição para iniciarmos uma nova forma de administrar Mato Grosso. Isso será feito a partir de amanhã"
“Eu já recebi um telefonema do governador Silval Barbosa se colocando a disposição para que possamos iniciar a transição para iniciarmos uma nova forma de administrar Mato Grosso. Isso será feito a partir de amanhã”, afirmou.

Taques também afirmou que não recebeu nenhum telefonema de seus adversários na disputa, Lúdio Cabral (PT), Janete Riva (PSD) e José Roberto (PSOL).

“Recebi vários telefonemas do Brasil todo, de companheiros e amigos que também foram eleitos para o governo de vários estados do Brasil, de senadores eleitos e estamos conversando já com os presidenciáveis para ver a nossa posição a partir de amanhã”.

A respeito de um possível apoio a presidente Dilma Rousseff (PT), Taques afirmou que ainda será discutido com seus aliados.

“Todo mundo sabe que a presidente Dilma tem lado, o lado dela não é o nosso lado”.

Perfil

Pedro Taques nasceu em 15 de março de 1968, em Cuiabá, Mato Grosso. Ele é filho Eda Gonçalves Taques e Alinor Teixeira Taques, que são pequeno agricultor rural e professora aposentada, respectivamente.

Casado com Samira Martins, advogada trabalhista, e pai de Renata, 16 anos.

Formado em direito pela Faculdade de Taubaté (SP). Foi Procurador da República por 15 anos. Em 2010, pediu exoneração do cargo vitalício para ser candidato a senador da República. Foi eleito com 708.440 votos.

Em três anos consecutivos de mandato foi avaliado como um dos melhores senadores do Brasil, teve os projetos avaliados como 100% relevantes pelo Portal Transparência Brasil, esteve à frente de grandes debates como reforma do Código Penal e a Comissão de Segurança Pública do Senado.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet