Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Domingo 24 de Janeiro de 2021

1 6
:
1 4
:
0 7

Últimas Noticias

Campanha Publicitária

Notícias / Agronegócio

23 Nov 2020 - 11:40

Gaúchos continuam se abastecendo de milho do MS

“O milho local fechou o dia em R$ 90,00 em Ibirubá"

Redação - Repórter Agro com Agrolink

Reprodução:

 (Crédito: Reprodução:)
Continua a tentativa dos compradores gaúchos de se abastecer no Mato Grosso do Sul, com pouco sucesso, por  enquanto, apenas lotes esporádicos, mas que deverão aumentar  à medida que faltar matéria-prima, antes do início da colheita. As informações foram divulgadas pela TF Agroeconômica.

“O milho local fechou o dia em R$ 90,00 em Ibirubá, R$ 89,50 em Vacaria, R$ 89,00 em Ijuí e Santa Rosa, R$ 87,00 em Passo Fundo e R$ 86,0 em Carazinho. As demais localidades estão entre R$ R$ 84,00 e R$ 86,00. O preço de exportação não teve indicação novamente, mas os vendedores estão buscando wash-out, porque, mesmo pagando prêmios, os preços compensam”, comenta.

Em Santa Catarina, a safra atingida pela estiagem e os compradores estão tentando se abastecer fora do estado. “Os  preços  do  milho  local  continuam  a  R$  91,00/saca em Campos Novos  e  a  R$  89,00  em  Concórdia,  Joaçaba  e  Mafra.  A  seguir  os preços  de  R$  86,00  no  Alto  Vale  do  Itajaí,  que  subiram  um real/saca. Em Chapecó a semana fechou a R$ 84,00/saca.  Os preços para o produtor fecharam a R$ 78,00/saca no Alto Vale do Itajaí, R$ 76,50 em Campos Novos, R$ 76,00 Concórdia e Joaçaba, R$ 74,00 em Pinhalzinho, R$ 70,25 em Xanxerê”, indica.

No Paraná, a nova queda do dólar aumentou a oferta. “Pedidas de R$ 80/saca no geral, mas o mercado comprador devagar essa semana. Negócios apenas em volumes regionais, menores. Preços negociados a R$ 78 FOB no Sudoeste. Compradores indicando abaixo  disso, por volta de R$ 76,00/saca como ideia para tentar negócio”, conclui a consultoria.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet