Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quarta-feira 27 de Janeiro de 2021

2 2
:
4 4
:
4 2

Últimas Noticias

Notícias / Economia

5 Dez 2020 - 09:10

Justiça Federal manda devolver R$ 13,6 milhões ao MT Gás

Dinheiro irá subsidiar rede de gasodutos no Estado

Folha Max

Reprodução:

 (Crédito: Reprodução:)
A Companhia Mato-Grossense de Gás (MT Gás) deve receber R$ 13,6 milhões em devolução de impostos pagos indevidamente de Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) sobre operações nos últimos anos.

O Governo apontou que o valor será inteiramente investido na melhoria dos serviços oferecidos pela empresa pública, e na expansão da cadeia de gás.Não cabe mais recurso à decisão que determina o levantamento integral do valor devido, e depósito na conta da MT Gás, proferida na última quarta-feira (2.12) pelo juiz federal Hiram Xavier Pereira, da 2ª Vara Federal Cível. O processo tramitava desde 2005 na Justiça.

“O recurso irá manter a Companhia independente de repasses do caixa do governo, e proporcionar os investimentos necessários para fomentar o uso do gás em Mato Grosso. Por decisão do governador Mauro Mendes, o valor será integralmente aplicado na MT Gás, e irá subsidiar a expansão da rede de gasodutos para levar o gás natural para as indústrias do Distrito Industrial de Cuiabá”, explica o presidente da Companhia, Rafael Reis.

Para reaver o valor pago indevidamente, as diretorias da MT Gás e o Governo do Estado acompanharam a movimentação do processo, que estava sem andamento ao menos há três anos. Conforme decisão, o valor será depositado com correção monetária. 

Mesmo com a suspensão dos prazos do Poder Judiciário diante da pandemia, o empenho das equipes do governo garantiu uma tramitação célere no último um ano, e que o processo pudesse ser ‘transitado em julgado’ em 17 de setembro deste ano. Durante o andamento do processo, ano após ano, a MT Gás realizou o depósito do imposto judicialmente. 

A Justiça reconheceu que não há incidência de Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) sobre as operações da Companhia por se tratar de uma sociedade de economia mista, que presta serviço público e que tem como maior acionista o Governo de Mato Grosso.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet