Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sexta-feira 23 de Abril de 2021

1 1
:
2 6
:
0 4

Últimas Noticias

Notícias / Polícia

22 Dez 2020 - 16:00

Prefeito garante punição a organizadores de rave em Cuiabá

Evento que era para ser para até 300 pessoas teve grande aglomeração e repercutiu nas redes sociais

ALLAN MESQUITA

Reprodução:

 (Crédito: Reprodução:)
O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) declarou que vai tomar as devidas providências – administrativas ou judiciais – contra os organizadores do show do DJ Vintage Culture, que provocou aglomeração de pessoas no Parque das Águas no último sábado (19), em Cuiabá. Em entrevista à imprensa nesta terça-feira (22), o chefe do Executivo afirmou que os idealizadores do evento promoveram uma “vergonha” para capital.

“Eu vou ter uma reunião para falar sobre isso e já mandei levantar os processos. Tem que ter um choque de consciência na população, eu vou tomar as providências internas e externas. Pelo amor de Deus, os organizadores dos eventos têm que entender que estamos em uma pandemia”, disse após a “Missa da Esperança”, na Catedral Basílica de Cuiabá.Emanuel falou que o evento se aproveitou da ação da Prefeitura de Cuiabá para arrecadar cestas de natal. Isso porque, o ingresso para assistir ao show custava R$ 300, mas também era obrigatória a doação de um quilo de alimento não perecível, que seria doado para a campanha “Natal Sem Fome”, organizada pela Secretaria Municipal de Assistência Social e pela primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro. 

O evento foi autorizado pela Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano e Sustentável, junto com a Empresa Cuiabana de Zeladoria e Serviços Urbanos (Limpurb), responsável por administrar o Parque das Águas.

No entanto, o chefe do Executivo reforçou que o documento liberava a participação de 300 pessoas, das 17h às 23h, com uso de máscara, distanciamento de 1,5m e disponibilização de álcool 70% ao público, o que não foi cumprido durante a 'rave'. “Foi lamentável porque utilizaram ações sociais de humanização da primeira-dama e da Prefeitura para isso”, complementou.

Por fim, Emanuel cobrou consciência da população que ainda insiste em desrespeitar as medidas contenção ao novo coroanvírus. “Pode xingar prefeito, governador, presidente, mas o grande responsável é o cidadão. As pessoas não aguentam mais ficar em casa, respeito. Mas precisam entender que estamos em uma pandemia. É um comportamento pessoal, a política administrativa está no limite. Nós não temos mais o que fazer, agora a consciência é de cada um”, concluiu. 

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet