Imprimir

Imprimir Notícia

15 Fev 2021 - 17:25

Dorner, Taborelli e outros 3 são investigados por suposto caixa 2

O prefeito de Sinop, Roberto Dorner (Republicanos), o ex-deputado federal Pedro Henry, o ex-deputado estadual Pery Taborelli, o ex-vereador Deucimar Aparecido da Silva e o ex-suplente de vereador Gustavo Almeida são investigados por suposto recebimento de caixa 2 na eleição de 2010.
 
Os inquéritos civis foram abertos pelo promotor de Justiça Célio Fúrio e tem como base a delação do ex-presidente da Assembleia Legislativa, José Riva. 
 
Todos eles eram do Partido Progressista (PP) e disputaram a eleição 2010 para deputado estadual ou federal.  
 
Nos inquéritos, o promotor relatou que recebeu documentos do Grupo de Atuação contra o Crime Organizado (Gaeco) com um pen drive, contendo gravações com as  declarações de Riva. 
 
Nas gravações, Riva afirma que houve negociação envolvendo o ex-governador Silval Barbosa, também delator, “a título de contribuição para suporte político e auxílio à campanha eleitoral de 2010, com repasse de valores provenientes de recursos públicos, distribuídos entre os candidatos a deputados do Partido Progressista – PP”.
 
Na última semana, Fúrio também abriu inquérito contra o ex-deputado federal Eliene Lima, que também teria se beneficiado com a negociação ilícita.
 
Não há prazo para o fim das investigações. 

Imprimir