Imprimir

Imprimir Notícia

24 Fev 2021 - 08:10

Em eleição às pressas, Max é eleito presidente da AL; Botelho vira 1º secretário

Com 20 votos favoráveis, o deputado Max Russi (PSB) foi eleito presidente da Assembleia Legislativa (ALMT), durante sessão extraordinária, realizada na noite desta terça-feira (23). O socialista assume a cadeira de Eduardo Botelho (DEM), que foi impedido de continuar na função pela terceira vez consecutiva. Apenas um deputado votou contra a única chapa na disputa. Dois votaram em branco e Valdir Barranco (PT) não participou, por estar internado em UTI de hospital de São Paulo, tratando da Covid-19.

A votação, como determina o regimento, foi secreta. A posse dos novos membros da Mesa Diretora foi dada logo após a proclamação do resultado.

A nova eleição, conduzida pelo deputado mais velho do Legislativo, Sebastião Rezende (PSC), 57 anos, foi uma determinação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que anulou a votação realizada em junho do ano passado, quando Max e Botelho foram reconduzidos para os mesmos cargos que ocuparam no biênio anterior, o que o magistrado avaliou como inconstitucional.

Com a decisão liminar (provisória), os dois deputados inverteram as cadeiras. Além de Max e Botelho, a nova Mesa é composta por: Dilmar Dal Bosco (DEM), 1º vice-presidente; Wilson Santos (PSDB), 2º vice presidente; Janaina Riva (MDB), 2ª secretária; Delegado Claudinei (PSL), 3º secretário; e Allan Kardec (PDT), 4º secretário.

Discurso

Após tomar posse, Max discursou por pouco mais de 20 minutos e relembrou sua trajetória política. Disse que se mudou para Jaciara há 30 anos e lá construiu família e deu os primeiros passos na política. Contou que foi vereador e prefeito por duas vezes. Em 2014 foi eleito deputado e nos últimos dois anos de mandato, assumiu as secretarias estaduais de Assistência Social e Casa Civil.

Agradeceu nominalmente todos os 23 colegas de parlamento e disse que pretende dar continuidade a boa gestão do antecessor.

“Tinha esse sonho e as coisas aconteceram. Foi a eleição mais fácil que participei. Uma eleição bastante tranquila. Deus tem aberto portas maravilhosas para mim. Gosto de fazer política. Gosto da política que atende e busca melhorar a vida de quem mais precisa. Quero que Deus me dê sabedoria, para que todas as minhas decisões sejam para a melhoria da população”, declarou. Atualizada às 20h30

Imprimir