Imprimir

Imprimir Notícia

3 Jun 2021 - 08:52

Com feriado no Brasil nesta quinta-feira, soja sobe forte em Chicago

Esta quinta-feira (03) é feriado de Corpus Christi no Brasil e com as bolsas sem negociações, a referência para os mercados de commodities se concentram no exterior. Na CBOT em Chicago, a soja amanheceu subindo com força, ganhando pouco mais de 20 pontos nos contratos mais curtos. Às 7:11 dessa manhã, as negociações ppara julho estavam em US$ 15,83, com 20,75 pontos de ganho, enquanto que para agosto a referência era de US$ 15,36, um ganho de 20,25 pontos em relação ao fechamento de ontem.  

O clima nos Estados Unidos tem causado nervosismo entre os investidores, além disso, políticas chinesas de endurecimento sobre a especulação nas commodities também impactou nos valores dos grãos. Segundo Mário Mariano Moraes Júnior, diretor comercial Agrosoya/Novo Rumo Commodities, a soja passa por um movimento de ondas por causa dos fundamentos deste mercado. A primeira relacionada com a decisão de tolerância zero da China na especulação de mercado, a segunda cambial e a terceira com o clima nos EUA.

“O recado nessa primeira onda foi que o governo precisava entender qual era o tamanho de mercado que ele estaria trabalhando. Ele disse, portanto, que a tendência é aumentar a compra de trigo para a composição da ração ao invés de maiores volumes de soja matéria-prima e farelo, produto caro devido aos valores na Bolsa de Chicago naquele momento”, disse Moraes Júnior.Enquanto isso, no Brasil, as negociações são impactadas pela valorização do real frente ao dólar. Na última referência, que é a de ontem (02), a soja no Porto Patranaguá foi negociada a R$ 172, uma queda de 1,71%. Com algumas excessões, outras importantes praças de comercialização da soja seguiram a mesma tendência de queda.

Imprimir