Imprimir

Imprimir Notícia

4 Jun 2021 - 09:24

Alta nas cotações das fêmeas para abate

Em São Paulo, as indústrias frigoríficas abriram a última quarta-feira (2/6) pagando mais pela cotação da vaca e novilha gordas. 


A oferta comedida, reflexo da consolidação da entressafra, pressionou positivamente a cotação desses animais. O boi gordo permaneceu estável ante o dia anterior.


Com isso, segundo levantamento da Scot Consultoria, o boi gordo foi negociado em R$312,00/@, preço bruto e a prazo.


A vaca e novilha gordas ficaram cotadas em R$290,00/@ e R$302,00/@, respectivamente, nas mesmas condições, alta de R$1,00/@ para ambas as categorias, na comparação feita dia a dia.

Imprimir