Imprimir

Imprimir Notícia

4 Jun 2021 - 17:00

Emanuel volta a elogiar Rossato e projeta possível candidatura conjunta em 2022

Prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) voltou a citar o nome de Dilceu Rossato (Republicanos) como possível vice em 2022. Nos bastidores, a candidatura de Pinheiro ao governo de Mato Grosso ganha cada vez mais força, construindo alicerce sobre o embate com o atual governador, Mauro Mendes (DEM).“Estive com ele semana passada  (Rossato). Ele pode ser vice em uma possível chapa. Pode ser ele o cabeça de chapa. Pode ser ele o candidato ao senado. Ele está de coração aberto e entende o que nós entendemos”, afirmou Emanuel Pinheiro em evento que iniciou a vacinação do profissionais da Educação da Capital.
 
Dilceu Rossato é ex-prefeito de Sorriso, a capital nacional do agronegócio, e se destaca como produtor rural. O patrimônio de Rossato poderia ser usado como uma das armas políticas em 2022, dando mais musculatura ao nome de Emanuel.
 
“O setor produtivo entende o que nós entendemos. Os servidores público compreendem o que nós entendemos.  Os segmentos organizados da sociedade entendem o que nós entendemos.  A maioria da população entende o que nós entendemos”, destacou Emanuel Pinheiro.

Além de flertar com o nome de Rossato, o prefeito de Cuiabá voltou a atacar nesta sexta-feira seu principal adversário político, o governador Mauro Mendes. Em evento sobre vacinação de profissionais da Educação, Pinheiro classificou Mendes como “pífio, insensível, cruel, desumano, arrogante, incompetente e incapaz”.
 
“Está sendo um governador pífio, insensível, cruel, desumano, arrogante, incompetente, incapaz de tocar uma única ação que beneficia a população cuiabana. Não gosta de pobre. Tem pavor dos mais humildes. Administra para poucos. Administra para ricos. Administra para um grupinho de milionários ao custo do sofrimento da população. Isso tem que ser falado e eu falo com a maior naturalidade do mundo. O que eu questiono é o governador Mauro Mendes, esse é uma tragédia grega”.

Imprimir