Imprimir

Imprimir Notícia

30 Jun 2021 - 11:08 | Atualizado em 30 Jun 2021 - 11:11

​Barbudo debate futuro de MT em agenda no interior

O deputado federal Nelson Barbudo (PSL) realiza desde a semana passada uma extensa agenda por municípios de Mato Grosso. O parlamentar já esteve em Marcelândia, Alta Floresta, Paranaíta, Apiacás, Nova Monte Verde, Tabaporã, Juara, Juína e segue para Sinop nesta quarta-feira (23.06). 

Em reuniões com prefeitos e vereadores dos municípios, além de lideranças de setores importantes para economia mato-grossense, como agricultura e pecuária, Barbudo tem falado sobre seus principais projetos de lei e trabalhos na Câmara Federal, bem como escutado as demandas e entendido na prática os gargalos de cada localidade.

As principais bandeiras defendidas pelo parlamentar, como os garimpos legais, o setor madeireiro, a pecuária e a agricultura, também foram pautas bastante debatidas em todas as cidades. “Fui eleito o deputado federal mais votado de Mato Grosso por defender estas pautas e as coloco sempre em discussão porque continuam sendo meus temas prioritários. Estes encontros são fundamentais para entender exatamente o que cada localidade passa, as principais dificuldades e entraves que têm vivido”, comentou o deputado. 

Tema também questionado pelos representantes dos poderes Executivo e Legislativo de cada município, as emendas parlamentares já executadas e aquelas que estão previstas também foram informadas por Nelson Barbudo. Os principais direcionamentos são sempre voltados à infraestrutura, com entrega de maquinário e posterior pavimentação asfáltica, e à saúde. 

“Mais do que ouvir prefeitos e vereadores, que são os representantes legais de cada cidade, tenho aproveitado para ouvir também de toda a população suas dificuldades, suas conquistas e o desejo por um futuro melhor. Todas as reuniões e encontros com os mato-grossenses certamente me fazem não apenas uma pessoa melhor, mas um deputado federal que saberá atender ainda mais os anseios de seu povo. Estar nestes locais é pensar no futuro, em uma economia ainda mais pujante e em um povo mais bem acolhido, respeitado e ouvido”, definiu Nelson Barbudo.

Imprimir