Imprimir

Imprimir Notícia

27 Set 2021 - 09:21

Sindicato dos Servidores de Santa Cruz do Xingu deve entrar na justiça para garantir plano de carreira

A atual gestão do Município vem enfrentando sérias denúncias, uma delas é a suspeita de um desvio de mais de R$ 100 mil reais que teriam sumido do caixa da Prefeitura. Agora a Prefeita Joraildes Soares de Souza, enfrenta outro problema, a resistência em dialogar com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Santa Cruz do Xingu/MT(SISPUSAX).

Segundo nota enviada ao Agência da Notícia pelo Sindicato, a Prefeita se nega a cumprir a Lei Municipal que trata do plano de carreira dos servidores públicos municipais e o direito de progressão na carreira, do direito de receber Elevação de Nível e Classe, além da Revisão Geral Anual.

Por unanimidade, a diretoria do Sindicato decidiu buscar via Judicial para garantir que a lei seja cumprida e os servidores recebam seus direitos. “É lamentável ter que cobrar na justiça obrigação desta natureza contra a Prefeitura de Santa Cruz do Xingu/MT,  pois o direito dos servidores está garantido na lei e não há sequer uma justificativa plausível para que os direitos deixem de ser cumpridos, mais indignados ficamos em saber que em 2016, a atual Prefeita quando à época era vereadora, foi uma que votou a favor da aprovação da Lei e hoje Prefeita de Santa Cruz do Xingu/MT nega em pagar os direitos dos trabalhadores (as) Servidores (as), o sindicato tem buscado várias vezes o diálogo e não somos atendidos”, disse Eloi Dihel Araújo que é Presidente do Sindicato.

De acordo com informações apuradas pelo Agência da Notícia, caso a Prefeita cumprisse a Lei, o aumento para os cofres da Prefeitura seria em torno de R$ 15 mil reais.

O Agência da Notícia tentou contato com a Prefeita, mas até o momento não obteve resposta.

Imprimir