Imprimir

Imprimir Notícia

30 Dez 2021 - 11:03

Empresário Antônio Bosaipo promove soltura de tartarugas no rio Araguaia

Tartarugas-da-Amazônia criadas artificialmente foram devolvidas ao Rio Araguaia nesta terça-feira (28), na areia da praia, em Barra do Garças, na região araguaia. A soltura das tartarugas é resultado de projeção de preservação ambiental que tenta proteger a espécie da ação humana.

A ideia do ambientalistas é proteger as tartarugas-da-amazônia e assim garantir a perpetuação da espécie.

Cerca de 4 mil ovos foram trazidos e colocados em covas artificiais.

Quando elas chegaram ao local ainda estavam em ovos.

Eles foram retirados pelos voluntários das margens do Rio Araguaia, onde estava expostos à ação humana.
Projeto busca evitar a extinção da espécie — Foto: Instituto Assis do Araguaia

Durante dois meses, os voluntários monitoravam essa espécie de berçário feito por eles para que os filhotes pudessem nascer em segurança.

O esforço valeu a pena. Os ovos eclodiram, recentemente, e os filhotes de tartaruga-da-amazônia estão saudáveis.

O índice de mortalidade é muito pequeno, menor até do que estivessem no rio, expostas a predadores e a atividade humana.

As tartarugas estão saudáveis e sabem onde querem chegar ao leitos do Rio Araguaia, o ambiente natural delas.

A expectativa é que eles cresçam e se reproduzam.

O projeto é idealizado em toda região do Araguaia com apoio do empresário Antônio Humberto, em parceria com o Corpo de Bombeiros, Marinha, Instituto Assis Araguaia, Prefeituras, Marinha do Brasil e reeducandos em fase de ressocialização

 

Imprimir