Imprimir

Imprimir Notícia

14 Jan 2022 - 11:03 | Atualizado em 14 Jan 2022 - 11:09

Mulher é estuprada por 3 horas e criminoso ainda pede desculpas em MT

Uma mulher de 22 anos foi vítima de estupro por mais de três horas. O fato foi registrado na madrugada desta sexta-feira (14) em sua própria casa, no bairro Jardim Umuarama, em Sinop (500 km de Cuiabá).
 
Conforme relato da ocorrência, por volta das 3 horas, a vítima se levantou para ir ao banheiro e, quando retornava para o quarto, foi parada por um homem dentro de sua casa, que pulou o muro e invadiu a residência. A mulher estava sozinha com o filho na residência.
 
O homem estava armado e mandou-a colocar o filho para dormir. Depois, o criminoso mandou que a vítima também se deitasse.
 
O acusado procurou por dinheiro na casa, mas não achou. O bandido disse à vítima que do lado de fora da residência, tinha um comparsa esperando por ele na rua de trás.
 
Disse ainda que conhecia a mãe dela e que a ordem era para matá-la e pegar o filho dela. O bandido afirmou que era membro da facção Comando Vermelho.
 
Ele afirmou ainda iria sequestrar o filho da vítima se ela contasse para alguém sobre o que disse. Depois disso, a jovem foi estuprada por cerca de três horas.
 
O homem saiu da casa depois das 5h30 dizendo que iria viajar, voltaria na próxima quinta-feira e iria à casa dela de novo. A vítima disse aos policiais que não conhece o criminoso, mas que ele disse que a conheceu no posto em que ela trabalha.
 
Ele usava um capuz que tampava todo o rosto. Ele disse a ela também que há alguns dias havia entrado na casa para pegar o filho dela, mas o bebê não estava no local.
 
Ao final de tudo, o suspeito pediu desculpas por aquilo que estava fazendo, mas que apenas recebia ordens. O caso foi registrado como estupro.

Imprimir