Imprimir

Imprimir Notícia

23 Abr 2014 - 09:20 | Atualizado em 23 Abr 2014 - 11:04

Professores da rede municipal de Confresa estão novamente em greve (Vídeo)

O movimento de paralização em março, durou 14 dias e chegou ao fim após o acordo firmado entre as partes

Os professores municipais de Confresa decidiram entrar em greve novamente. A decisão aconteceu nesta terça-feira (23), após o prazo estabelecido pela categoria para o executivo municipal realizar o pagamento referente ao mês de março, quando foram cortados oito dias do ponto dos profissionais que estavam em greve.
Nesta terça-feira (23) os profissionais fizeram um movimento em frente a Prefeitura Municipal. “O governo municipal não cumpriu com o acordo e por isso estamos em greve novamente, as coisas tem de acontecer de forma correta”, disse a Presidente do Sintep em Confresa Lucimeire Lazara.

O movimento de paralização em março, durou 14 dias e chegou ao fim após o acordo firmado entre as partes, com 12,5% de reajuste para março, 3% em outubro e outros 7% em fevereiro próximo. Mas a surpresa da categoria foi o corte dos pontos, o que foi considerado uma ação "sorrateira" da administração, mas que foi justificada pela assessoria de comunicação da Prefeitura como um erro do Recursos Humanos, mas que seria corrigido.

O prazo para correção venceu na última quarta-feira e não aconteceu o pagamento, com o feriadão de pascoa, os professores estipularam a próxima terça como dia final. Caso o pagamento dos cortes não foi regularizado, a greve foi retomada e novamente cerca de 3.500 alunos estão fora das salas de aula, antes de reporem os dias perdidos no primeiro movimento.

Imprimir