Imprimir

Imprimir Notícia

14 Nov 2016 - 09:10

PF apura suposto vazamento de gabarito do Enem, mostra TV

 A Polícia Federal está conduzindo uma investigação para apurar um suposto vazamento do gabarito de uma das provas do Enem 2016 (Exame Nacional do Ensino Médio) 2016, de acordo com reportagem veiculada na noite deste domingo (13) pelo Fantástico.

O programa mostra que a Polícia Federal afirma ter indícios de que uma quadrilha situada em Montes Claros (MG) conseguiu com antecedência as respostas das perguntas de Ciências Humanas e Ciências da Natureza da prova azul, aplicada no sábado (5).

O exame tem diferentes provas, separadas por cores, que trazem as mesmas questões, porém em ordem variada para dificultar a troca de informações sobre o gabarito.

De acordo com informações veiculadas na reportagem, o gabarito chegou às mãos de um membro da quadrilha poucos minutos após o fechamento dos portões para início da prova.

No fim de semana do exame, a PF prendeu 11 pessoas em oito Estados: Maranhão, Piauí, Ceará, Paraíba, Tocantins, Amapá, Pará e Minas. No total, foram cumpridos 50 mandados judiciais.

Uma das operações daquele dia, denominada Embuste, ocorreu em Minas Gerais com o objetivo de desarticular uma organização criminosa especializada em fraudar processos seletivos para ingresso no ensino superior sem o cumprimento dos requisitos legais. De acordo com a PF, foram cumpridos 28 mandados judiciais simultâneos, todos expedidos pela Justiça de Montes Claros, mas nenhuma prisão no dia.

Imprimir