Imprimir

Imprimir Notícia

1 Abr 2014 - 10:10

Pai de menina estuprada e assassinada morre em acidente de moto

 Mais uma tragédia atinge a família de Cristiano Andrade Santos, de 30 anos. Uma semana após ter a filha de nove anos estuprada e assassinada perto de sua casa em Paranatinga (cidade a 375 quilometros ao sul de Cuiabá), o próprio Cristiano morreu em acidente de motocicleta.

Segundo policiais que atenderam a ocorrência, ele pilotava sua Yamaha YBR prata que colidiu com um caminhão, neste domingo à noite, em Paranatinga. No choque, sofreu fraturas e também uma forte pancada na cabeça.

Os policiais acrescentaram que a rua é escura o que pode ter causado o acidente. O motorista do caminhão prestou esclarecimentos à Polícia Civil da cidade.

Ele chegou a ser levado para o hospital da cidade por um carro do Samu, mas morreu após passar pelo setor de emergência. A morte de Cristiano abalou a cidade.

O corpo de sua filha de 9 anos foi localizado na terça-feira (25), após três dias de desaparecimento. A localização do corpo ocorreu após a prisão de J.A.C., de 25 anos, que confessou ter estuprado a menina e, em seguida, a matou por asfixia mecânica.

Conforme os policiais, J. tem passagem pelo crime de estupro, reforçando as suspeitas de que ela tenha sido abusada sexualmente e depois enforcada com as mãos. Ele chegou a ser preso, em Várzea Grande, ano passado acusado de estuprar uma menina de seis anos e estava em liberdade condicional.

Aos policiais, disse que trabalhava na cidade fazendo bicos onde reside há cerca de um ano meio. Levado até a Delegacia, ele foi autuado por homicídio.

A localização do cadáver comoveu a população da cidade que estava à procura da menina que havia desaparecido de forma misteriosa. Ela foi vista pela última vez ao sair da casa com papel para o avô acender a churrasqueira.

Imprimir