Imprimir

Imprimir Notícia

25 Jan 2020 - 09:15

Em MT foram gerados mais de 400 mil empregos e índice cai se comparado a 2018

De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), Mato Grosso gerou mais de 400 mil empregos formais em 2019. Entretanto, segundo o levantamento o índice de empregabilidade caiu e o estado apresentou variação negativa de -1,31%.

No total foram 411.225 admissões e 388.165 demissões. O saldo foi de pouco mais de 23 mil empregos.

Os setores que mais geraram empregos foram comércio, serviços, agropecuária e indústria. Os dois primeiros ficaram praticamente empatados com cerca de 118 mil empregos.

Em segundo lugar vem a agropecuária com 85 mil postos de trabalho e, por fim, a indústria com 53,4 mil admissões.

2018

De forma geral, o Mato Grosso fechou 2018 com saldo positivo de 26,7 mil trabalhadores com carteira assinada.

Antes de 2018, última vez que o estado havia encerrado o ano com saldo positivo na geração de empregos formais tinha sido em 2013. À época, o estado teve saldo positivo de 6,7 mil trabalhadores empregados. Uma variação de 13,77%.

Cenário nacional

O Brasil fechou 2019 com o maior saldo de emprego com carteira assinada em números absolutos desde 2013. Os dados apontam que em 2019 houve a geração de 644.079 novas vagas de emprego, o que significa 115 mil postos a mais do que o registrado em 2018.

Imprimir