Imprimir

Imprimir Notícia

5 Jun 2020 - 14:20

Prefeitura de MT proíbe sair de casa sem "motivo justificável"

A Prefeitura de Rondonópolis determinou toque de recolher na cidade até o dia 15 de junho, como forma de combater o avanço da Covid-19. O decreto foi publicado nessa quinta-feira (4) pelo prefeito José Carlos do Pátio (SD).
 
Conforme o documento, sábados, domingos e feriados fica proibida a circulação de pessoas em qualquer horário, exceto em caso de urgência, como relacionados à saúde e à vida.
 
Já de segunda a sexta-feira, as pessoas não poderão circular após as 22h30 com a mesma exceção de casos de urgência.
 
O decreto ainda diz que o prazo pode ser estendido, caso o número de infectados não diminua.
 
Aqueles que descumprirem o toque de recolher podem pagar multa e ainda cumprirem de um mês a um ano de prisão.
 
Todas as empresas, bares e restaurantes  que comercializam produtos não poderão abrir sábados e domingos
Até a quinta-feira, Rondonópolis somava 190 casos de coronavírus e nove óbitos pela doença.
 
O decreto ainda fala sobre o funcionamento de empresas na cidade.
 
"Todas as empresas, bares, restaurantes e congêneres que comercializam produtos ou prestam serviços não poderão abrir ao público aos sábados e domingos, com exceção de farmácias, estabelecimentos de saúde em geral e indústrias", diz o prefeito em um trecho do decreto.
 
Já as empresas que tiverem mais de 10% de seus funcionários positivos para Covid-19 deverão testar os demais, em 24 horas.
 
"Contados da ciência, apresentando os resultados à Vigilância Sanitária, sob pena de fechamento total da empresa em caso de descumprimento", completa a medida.

Imprimir