Imprimir

Imprimir Notícia

16 Set 2020 - 15:20

Operação desarticula facção em MT e prende 8 em flagrante

Quinze mandados de busca e de apreensão foram cumpridos pela Polícia Civil, na manhã desta quarta-feira (16.09), durante a Operação "Asfixia" deflagrada nos municípios de Ribeirão Cascalheira, Querência e Canarana para desarticular uma organização criminosa instalada na região. Na ação oito pessoas foram presas em flagrante e entorpecentes e dinheiro apreendidos.

Os mandados de busca e apreensão domiciliares foram representados pela Polícia Civil, após investigações sobre recentes ações criminosas de integrantes de uma facção criminosa na região do Médio Araguaia. Com base nas investigações, as ordens judiciais foram decretadas pelos juízos das respectivas Comarcas para buscas nos endereços dos suspeitos.Na cidade de Ribeirão Cascalheira, três pessoas foram conduzidas. Um delas foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo de uso permitido. Em poder do homem, que tem diversas passagens criminais, foi apreendido um revólver calibre 38, além da quantia de R$ 47 mil em dinheiro e cheques. Após a confecção dos autos foi arbitrada a fiança no valor de R$ 10 mil.

Já os outros dois envolvidos, também com passagens pela polícia, foram presos em flagrante por tráfico de drogas. Com eles foram encontrados entorpecentes e cerca de R$ 1,6 em dinheiro. Ambos foram autuados e posteriormente encaminhados para uma unidade prisional.

No município de Querência, um homem e uma mulher foram presos também por tráfico de drogas e associação criminosa, organização criminosa, corrupção de menor. Na ação, foram apreendidos aproximadamente R$ 6,5 mil em dinheiro. Três adolescentes foram conduzidos à delegacia para esclarecimentos por indícios de ligação com o crime organizado.

Em Canarana, dois homens foram presos em flagrante por tráfico de drogas, após serem surpreendidos com várias porções de maconha, totalizando mais de 1 quilo do fumo, além de um pé de maconha, balança de precisão e R$ 400 em dinheiro.

Em um endereço alvo de ordem judicial, em Canarana, foram apreendidos vários objetos sem comprovação fiscal. Um homem foi conduzido para apuração de possível envolvimento com o crime de receptação.

O trabalho operacional contou com apoio da Gerência de Operações Especiais (Goe) e da Polícia Militar. Participaram mais de 40 policiais para fortalecer as ações de combate ao crime organizado na regional de Água Boa. 

Imprimir