Imprimir

Imprimir Notícia

25 Set 2020 - 11:07

Secretario adjunto da Casa Civil é preso recebendo proprina

Equipes do Gaeco prenderam na noite desra quinta-feira (24) o secretario adjunto da Casa Civil do governo do estado de Mato Grosso.

A prisão foi em flagrante, no exato momento em que ele recebia de um empresário a quantia  de R$ 20 mil de proprina.

O pagamento, segundo a investigação era uma "recompensa" pelo favorecimento em uma licitação. Toda a negociação teria sido feita na sede da Casa Civil. 

O Gaeco é  Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado, que já monitorava o suspeito após denúncias anônimas.
O agente público foi autuado em flagrante por crime de corrupção passiva e será encaminhado para audiência de custódia.

Imprimir