Imprimir

Imprimir Notícia

15 Out 2020 - 08:10

Gazeta Dados revela liderança de Procurador ao Senado em Cuiabá

Os pesquisadores do Gazeta Dados também foram a campo para perguntar em qual candidato à eleição suplementar do Senado os cuiabanos pretendem votar. Na modalidade estimulada, o candidato do PSOL, Procurador Mauro desponta em primeiro lugar, com 15% das intenções de voto.

O ex-governador Pedro Taques (SD) aparece com 9%, seguido de perto por Elizeu Nascimento (DC), com 8% e Coronel Fernanda, com 7%. Apontado por 5% dos entrevistados está o candidato e atual senador interino, Carlos Fávaro (PSD).Já Nilson Leitão (PSDB) foi citado por 4% das pessoas pesquisadas e o deputado federal José Medeiros aparece com 3%. Com 1% das intenções de voto estão os candidatos Valdir Barranco (1%), Reinaldo Morais (PSC) e Feliciano Azuaga.

Euclides Ribeiro (Avante) está com 0%. Brancos e nulos somam 12% e 34% não souberam ou não responderam à pesquisa.

Já quando o assunto é rejeição, quem lidera neste quesito é Pedro Taques, que foi citado por 21% dos entrevistados. A seguir, estão Nilson Leitão e Carlos Fávaro, ambos com 6%.

Já Valdir Barranco é rejeitado por 3% enquanto que Reinaldo Morais, Elizeu Nascimento e Procurador Mauro aparecem com 2%. Com 1% de rejeição estão Coronel Fernanda e Feliciano Azuaga e com 0% surge Euclides Ribeiro.

Outros 16% dos entrevistados não apontaram nenhum dos candidatos na lista de rejeição. E não souberam ou não responderam foram 38%.

A margem de erro da pesquisa realizada pelo Gazeta Dados é de 3% para mais ou para menos e o intervalo de confiança é de 95%, isto é, se fossem realizadas 100 pesquisas, em 95 delas os resultados estariam iguais a estes, dentro a margem de erro estipulada.  

Para esta primeira medição eleitoral, foram ouvidos moradores de bairros das regiões norte, sul, leste e oeste. Das pessoas que participaram da pesquisa, 54% são do sexo feminino e 46% do masculino. Quanto ao grau de escolaridade, 43% têm ensino médio completo ou incompleto, 34% com superior completo ou cursando, 19% têm ensino fundamental ou cursando e 4% nunca estudou, não lê e não escreve.    

O Instituto de pesquisas Gazeta Dados tem vasta experiência na medição eleitoral em Mato Grosso e um histórico de acertos, o que o credencia como uma das principais referências quando o assunto é disputa por cargos eletivos no Estado. Os índices de acertos são altos e, muitas vezes, se aproximam bastante do resultado real, após a apuração pela Justiça Eleitoral.

Em 1994, por exemplo, a vitória de Dante de Oliveira para o governo do Estado foi estimada em 70% dos votos. Ele venceu o pleito com 71,27%. Em 1996, o Gazeta Dados registrou acertos de 99,3%. Em Cuiabá, a pesquisa apontou 53% para Roberto França e ele obteve 56%.

Nas eleições de 2002, o Gazeta Dados antecipou a vitória a reeleição do senador Jonas Pinheiro (PFL). E ao governo indicou a eleição de Blairo Maggi com 43% dos votos válidos.

Em 2016, o Instituto Gazeta Dados apontou a eleição do atual prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) com 58,54% dos votos válidos. As urnas confirmaram a vitória dele com 60,41%, uma oscilação de menos de 2 pontos percentuais, previstos na margem de erro.

Imprimir